Neste tutorial aprenderemos sobre um dos principais componentes eletrônicos: O Resistor. Esse componente está presente na maioria das placas eletrônicas, então ao compreender a função dele, você será capaz de entender parte do funcionamento dessas placas. Vamos lá?

Resistores

Você já abriu um utensílio eletrônico e ao olhar para a placa se deparou com esses pequenos componentes com listras coloridas? Se sim, você deve ter se perguntado o que eles são e qual é a função deles no circuito.

resistores_na_placa
Esses componentes são os resistores, mas o que eles fazem?

O que é um Resistor?

Um resistor é um limitador de corrente, tudo bem, e o que é a corrente?
A corrente é um fluxo de elétrons que percorre um fio condutor, a unidade de medida é em amperes (A). Imagine que um fio condutor é uma mangueira, os elétrons são como o fluxo de água que circula por essa mangueira, nesse exemplo a resistência é como uma dobra nessa mangueira, atrapalhando o percurso da água, a unidade de medida da resistência é em Ohms (Ω). Além disso, é importante que você saiba o que é a tensão, nesse mesmo exemplo a tensão corresponde a pressão que impulsiona a saída da água pela mangueira, em linguagem técnica: é a diferença de potencial entre os pontos de um circuito, a unidade de medida da tensão é dada em Volts (V).

 

Como funciona um Resistor?

Para entender como funciona um resistor na teoria, é necessário compreender a Primeira Lei de Ohm. Eu sei que parece assustador, mas você verá que é simples:

lei_de_ohm

Nessas fórmulas eu estou dizendo que quando eu aumento a resistência, eu tenho a diminuição da corrente que percorre o circuito. 
Lembra do exemplo da mangueira? Se eu pressiono um ponto da mangueira, eu tenho a diminuição do fluxo de água na saída. Se eu tenho muita água saindo pela mangueira e pressiono uma parte da mangueira com muita força, eu tenho um aumento de pressão de saída da água, essa pressão é a nossa tensão. 

 

funcionamento dos resistores

 

Em um circuito teremos variações de componentes resistivos, e todos esses componentes seguem o mesmo princípio, apenas alguns aspectos são diferentes, estes são os componentes resistivos que você encontrará em sua jornada:

Resistor ôhmico/comum:Esse modelo conta com resistência fixa, e o valor é definido pelas faixas coloridas no corpo do componente.  
Fotorresistor/ Resistor LDR: componente que varia a sua resistência de acordo com a iluminação, sendo que quanto maior a luminosidade incidente, menor a resistência.
Resistor de alta potência:alta capacidade de dissipação térmica, ou seja, de dissipação de potências.
Trimpot/ Resistor ajustável:O trimpot é um resistor que pode ser ajustado com o auxílio de uma chave de fenda pequena, em muitas placas esses componentes são selados, isso ocorre para que não seja alterada a resistência definida.
Potenciômetro:Os potenciômetros são resistores ajustáveis assim como os trimpots, a diferença está na estrutura deles. No caso do potenciômetro o ajuste é mais simples de ser feito, por isso é frequentemente utilizado em rádios.
Termistor:Um termistor varia a sua resistência de acordo com a variação de temperatura.

Além disso, existe a versão SMD que é do tipo comum, mas apresenta tamanho muito reduzido, normalmente utilizado em placas de pequena escala.

Para conhecermos os resistores, é importante termos em mente que existem resistores com diversos valores de resistência, e que como vimos, quanto maior a resistência, maior será a oposição desse resistor a corrente. Os valores dos resistores normalmente são descritos pelas faixas coloridas em seus corpos, como pode ser visto na tabela abaixo.

A leitura é feita a partir da primeira linha, sendo que a dourada ou a prata sempre serão consideradas as últimas, pois correspondem a tolerância do resistor, a tolerância é a margem de erro.

Como o resistor conta com 4 linhas e não 5, entendemos que duas são referentes a 1ª Faixa e 2ª Faixa, uma corresponde ao multiplicador e outra é a tolerância.

1ª Linha: 1ª Faixa -> Marrom -> 1
2ª Linha: 2ª Faixa -> Azul -> 6
3ª Linha : -
4ª Linha: Multiplicador -> x100

5ª Linha: Tolerância -> ± 5%

como descobrir o valor do resistor

Então o valor desse resistor exemplo é 1 6 x 100 = 1600Ω com tolerância de ±5%

Os resistores são produzidos com resistências diferentes, e para isso é utilizado como princípio a Segunda Lei de Ohm, que dirá qual será o comprimento de um fio de determinado material, para que ele tenha a resistência desejada.

Os resistores são internamente compostos desses fios resistivos enrolados, levando em consideração a fórmula acima.

Qual é a função do Resistor?

Como mencionado, a função de um resistor é limitar a corrente de um circuito, e a intenção de fazer isso é para que a fonte de alimentação não queime o componente ligado à ela, se a nossa fonte fornece uma corrente maior do que o nosso equipamento é capaz de tolerar, então ocorre o aquecimento e a queima.

Outra função do resistor é para a conversão de energia elétrica em energia térmica, por barrar a passagem da corrente, a energia elétrica é convertida em energia térmica, pois nenhuma energia é perdida, apenas transformada.

Esse aquecimento pode ser considerado uma desvantagem, no entanto, podemos pensar em muitos eletrodomésticos que trabalham especificamente com o calor.

 

Exemplo de uso do Resistor

Além do uso como limitador de corrente para a maioria dos circuitos, a resistência também é utilizada para gerar aquecimento, podendo ser utilizada para a produção de ferros de passar roupa, chuveiros, aquecedores elétricos, secadores de cabelo, lâmpadas incandescentes, fornos elétricos, entre outros. 

Em um diagrama de circuito, o resistor terá um dos dois símbolos gráficos:

Além disso, eles podem ser conectados em Série, em parelo ou misto (em casos que utilizamos as duas formas de conexão).

Os resistores são considerados em série quando são conectados através de um dos terminais, ou seja, ligados em sequência, isso garante que a corrente será a mesma em todo o circuito e em todos os resistores, com alteração apenas de tensão.

Para cálculo da Resistência Equivalente em um circuito com resistores em série devemos somar a Resistência respectiva de cada um dos resistores da seguinte forma:

Quando a ligação é realizada em paralelo, a tensão será a mesma em cada um dos resistores, no entanto a corrente será dividida entre a linha de cada um deles, sendo relativa a resistência do resistor.

Para cálculo da Resistência equivalente em um circuito de resistores paralelos utilizamos a seguinte fórmula:

Em caso de associações mistas, devemos realizar ambos os procedimentos de cálculo.

Nesse caso, primeiro realizamos o cálculo da associação paralela, com isso podemos substituir a associação por um único resistor equivalente que ficará em série com os outros, dessa forma teríamos:

 

Conclusão

Nesse tutorial aprendemos o principal sobre os resistores, vimos que são componentes limitadores de corrente, que existem diversos componentes resistivos com resistências alteradas por alguma condição como: incidência de iluminação, variação de temperatura ou outra. Também entendemos que os resistores do tipo ôhmico são demarcados por faixas coloridas que indicam o valor de resistência correspondente e aprendemos a realizar a leitura desses valores. Além disso, compreendemos como ele é produzido e vimos todas as equações para cálculo de um resistor em um circuito do tipo: Série, Paralelo e Misto.
Os resistores são componentes muito importantes no estudo da elétrica e está presente em praticamente todos os eletrônicos.
Eu espero que esse tutorial tenha transmitido para você toda a importância desse componente e os seus principais aspectos.
Para qualquer dúvida deixe nos comentários :)