Conforme aumentamos o conhecimento sobre Arduino, sentimos a necessidade de desbravar novos horizontes e utilizar a nossa placa em outras propostas.
Nesse tutorial entenderemos o que é o Scratch e aprenderemos a conectar o Arduino ao programa. Vamos lá?

Esse tutorial será dividido nos seguintes tópicos, clique para ir diretamente a algum deles:

O que é o Scratch? 

O Scratch é uma linguagem de programação simples, para utilização não é necessário saber programar. A plataforma do Scratch é de fácil utilização e todo o projeto pode ser desenvolvido encaixando blocos como Lego, então você precisa apenas de lógica para criar projetos incríveis.
Essa plataforma foi criada em 2007 pelo Media Lab do MIT, sendo que a principal ideia do projeto é tornar a programação simples para todos, dessa forma, cada bloco inserido no programa modifica o projeto que pode ser visualizado de forma simultânea ao desenvolvimento, tornando a assimilação mais simples.


Como pode ser visto na imagem, no canto esquerdo estão disponíveis os blocos para a seleção, sendo que estão divididos em categorias como: Movimento, Aparência, Sons, Eventos, Controle, Sensores, Operadores, Variáveis e Meus Blocos, esse último consiste em blocos customizáveis. No centro há um espaço em branco para o desenvolvimento do projeto, e na direita está o palco, que é onde visualizamos o resultado da nossa criação.

Agora que você sabe o básico sobre a plataforma, vamos aprender a utilizá-la aliada ao Arduino Uno.

 

Como utilizar o Scratch com o Arduino

Para utilização do Scratch na placa Arduino, é necessário baixar e instalar o programa S4A (Scratch for Arduino), que consiste em uma modificação do Scratch para se encaixar aos parâmetros da placa e dos periféricos conectados a ela.
A ideia do programa foi trazer para o ambiente Arduino toda a facilidade disponível no Scratch voltado para o desenvolvimento de jogos e animações interativas.

 

Como baixar o S4A

Para baixar o S4A é necessário entrar no site s4a.cat e na aba superior clicar em Downloads

Em seguida, você deve selecionar o seu sistema operacional:

Como você pode ver, há opções para os diversos modelos de sistema operacional.
Depois de baixar o zip, abra e descompacte em uma pasta do seu computador. Em seguida abra o arquivo.exe para realizar a instalação.

Ao abrir o .exe, permita que o programa realize as modificações necessárias clicando em “sim”, seguidamente selecione a linguagem que será utilizada durante a instalação, você verá apenas as opções: Inglês, Espanhol e Catalão, mas não se preocupe, depois de instalar o programa você poderá escolher o seu idioma de fluência entre diversas opções disponíveis. Eu escolhi o inglês, então minhas próximas instruções serão referentes ao idioma.

Clique para prosseguir com a instalação, clique em “next”, em seguida, aceite os termos de uso e clique em "next" novamente.

Então você receberá uma notificação de que o setup irá criar um atalho na pasta de menu inicial, seguido de um aviso que será criado na área de trabalho, clique em Next em ambos.

Finalmente você verá a opção de realizar a instalação, clique em “Install” para isso.

Se aparecer mais algum aviso, clique em "next".

Depois de instalar, abra o seu programa para verificar o funcionamento, você verá que no palco do programa existe a imagem de um Arduino.

Mesmo que você conecte a sua placa, ela não será reconhecida pelo seu programa, primeiramente você precisará baixar o firmware de compatibilidade para a sua placa.

Como conectar o Arduino ao S4A

O arquivo de firmware poderá ser baixado no site da S4A, se você rolar para baixo a página do download do programa, verá que é a seguinte etapa do processo.


Clique para baixar o firmware.

Assim como mencionado no site, você precisa ter a Interface de Desenvolvimento Arduino (IDE) em seu computador, caso não tenha, baixe no site da Arduino, eu não irei detalhar essa etapa de instalação pois não é o foco desse tutorial, mas caso você não tenha, você encontrará todas as informações necessárias em:

https://www.arduino.cc/en/software

Com a IDE aberta, o arquivo de firmware deve ser carregado para a placa da seguinte forma:
Clique em Arquivo > Abrir...

Depois de abrir, selecione a sua placa, a porta, e carregue o programa.

Obs: O S4A deve estar fechado quando você carregar o programa para a placa ou você não conseguirá transferir o firmware para a placa.

Seguidamente, carregue para a placa clicando em: 


Se você voltar ao S4A, a sua placa deve ser reconhecida.


Como usar o S4A

Na barra superior podemos selecionar o idioma dos blocos no globo ao lado do disquete para salvar.

Agora vamos entender o que são os sprites.
Quando abrimos o S4A começamos com um sprite de placa Arduino.
Pense nos sprites como projetos individuais, cada sprite é composto pela imagem que representa um objeto virtual, além das ações que esse objeto irá executar e dos sons que esse objeto emitirá.

Para adicionar novos sprites nós iremos escolher uma das opções:

 

1. criamos um novo sprite com um objeto modificado através do paint do S4A
2. criamos um sprite com uma figura carregada do nosso computador ou do S4A, o programa disponibiliza algumas imagens.
3. criamos um sprite com uma figura da biblioteca do programa
4. criamos um novo sprite Arduino
5. criamos um novo sprite Arduino modificado pelo paint S4A
6. criamos um novo sprite Arduino a partir de uma outra figura

Cada sprite conta com as abas de Comandos, Trajes e Sons.

A parte de Comandos será destinada aos blocos, é nessa aba que faremos a montagem das ações que serão executadas pelo nosso ator.
Chamamos de ator a figura que estará em nosso palco.
Em trajes iremos inserir todas as figuras que serão variações do ator, por exemplo, se eu criar um sprite com uma porta, a porta será meu ator e em trajes eu posso colocar as variações, uma figura da porta aberta e a uma da porta fechada.

Na aba Sons, iremos inserir todas as músicas e melodias que irão tocar em nosso sprite, no exemplo da porta, eu posso colocar o som da porta rangendo.

Na nossa barra de blocos, podemos ver que os blocos são separados por categorias intuitivas, facilitando o nosso processo de busca.

Depois de elaborar o programa, podemos ver o funcionamento clicando na bandeira verde acima do palco.

 

Conclusão 

Esse tutorial foi voltado para a apresentação do S4A, suas ferramentas e configurações para utilização com Arduino. O SA4 é uma ótima ferramenta para desenvolvimento de projetos em conjunto com a placa. Aprenderemos mais sobre o software no nosso próximo tutorial, veremos como desenvolver um jogo de páscoa no S4A com controle por Joystick conectado ao Arduino. Para dúvidas e sugestões, deixe nos comentários.

Eu te espero no próximo tutorial